Bem coberto

 
Bem coberto
Bem coberto. Desenho animado de 25/12/2022 em CTXT

Tradução do desenho animado: O Ministério Público encerra a investigação sobre a “tragédia” de Melilla. “Tudo encoberto e bem encoberto”.

O Ministério Público encerrou a investigação sobre a“tragédia” de Melilla de 24 de Junho.

O Ministério Público assegura que não encontra provas de crime na actuação da polícia espanhola e assegura que nem sequer tinham conhecimento da avalanche em que pelo menos 23 pessoas morreram

Além disso, é um dado adquirido que o regresso a quente dos migrantes, assunto pelo qual a Espanha foi condenada pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem em várias ocasiões, só para mais tarde retirar a condenação.

Política de frontera

Política de fronteiras. Desenho animado de 26/06/2022 em CTXT

Pelo menos um dos que morreram estava em território espanhol, embora Fernando Grande-Marlaska tenha chamado àquela porção“terra de ninguém” para se livrar das pulgas, numa tentativa de convencer a opinião pública de que existe um limbo de direitos humanos. Uma zona de exclusão de toda a responsabilidade. Onde a morte nasce e cresce selvagem e a impunidade floresce.

Tierra de nadie

Terra de nenhum homem. Desenho animado de 04/12/2022 nos CTXT

Tradução do desenho animado: “O ministro continuava a pedir que o VAR provasse que o cadáver tinha caído do seu campo”.

De acordo com o El País, o relatório do Ministério Público afirma mesmo que alguns agentes atiraram “dezenas” de pedras aos migrantes e refugiados durante a operação policial, deixando por esclarecer esta acção anómala e outras provas demonstradas pelo programa Africa Eye da BBC, mas todos sabemos a que é que isto vai levar.

O jornalismo de investigação da televisão pública britânica mostrou que a polícia espanhola viu, e não impediu, dezenas de migrantes a morrer na fronteira com Marrocos.

A história repete-se

Encerra-se outro capítulo vergonhoso, como o da chamada “tragédia” de Tarajal de 6 de Fevereiro de 2014, quando 15 pessoas foram mortas na praia de El Tarajal. Foram mortas enquanto tentavam nadar até Ceuta. Os agentes utilizaram balas de borracha, latas de fumo e o espancamentos correspondentes para os impedir de pôr os pés na terra.

Ocho años de la “tragedia” del Tarajal

Oito anos após a “tragédia” de Tarajal. Desenho animado de 06/02/2020 em CTXT

Tradução do desenho animado: “Naquele dia, a Espanha deixou a sua bandeira hasteada”

56 guardas civis atiraram 145 balas de borracha e 5 latas de fumo a um grupo de cerca de 90 pessoas. A partir de o povo que nadavam em direcção à costa, 14 morreram por afogamento e um simplesmente “desapareceu” no mar.

Bem coberto

Tradução do desenho animado: “Dispararam contra a linha de água dos direitos humanos para que não pudessem participar no caso”.

O juiz indicações da serra para julgar 16 guardas civis sob investigação por homicídio imprudente para o que os meios de comunicação voltaram a chamar a “tragédia” de Tarajal (como se fosse um agente meteorológico), decidiram encerrar o caso com base no doutrina do botín. Nome paradoxal para uma doutrina jurídica baptizada com o nome de “exculpada” um banqueiro exculpados.

A juíza, que apelou na sua ordem ao princípio básico de que é necessário“defender as fronteiras sem deixar as pessoas desprotegidas”, acabou por defender uma vedação mais do que a vida de 15 pessoas. E, de forma simbólica, recompensou os guardas civis que os mataram, encerrando o processo.

A propósito, como não houve acusação privada, as ONG foram impedidas de serem processadas. Duas injustiças numa, 15 mortes sem “dono” ou responsáveis, e futuras acções judiciais foram bloqueadas. Mais uma vez, tudo foi encoberto e bem encoberto.


Suscríbete por email para recibir las viñetas y los artículos completos y sin publicidad
Artículos relacionados

¿Algo que decir?

Este blog se aloja en LucusHost

LucusHost, el mejor hosting

Grandes personan que patrocinan.

Patreon

Recibe contenido extra y adelantos desde sólo un dolarcito al mes como ya hacen estos amables lectores:

César D. Rodas - Jorge Zamuz - David Jubete Rafa Morata - Sasha Pardo - Ángel Mentor - Jorge Ariño - Vlad SabouPedro - Álvaro RGV - Araq