Unidos pelo nepotismo

 
Unidos pelo nepotismo

Unidos pelo nepotismo. Cartoon de 23/06/2024 em CTXT

TR: "As mãos porosas dos políticos ou as de um irmão ou sócio" (Javier Milei).

Há alguns dias, Díaz Ayuso atribuiu uma medalha a Milei , num ato trambolhudo com a pretensão de uma coisa institucional nacional para encenar um ato político-partidário carregado de intenções reaccionárias.

Ambos desempenharam um papel muito ao estilo da nova "política", baseada no populismo vadio, com a intenção de tentar vender a ideia de que a Espanha apoia as ideias anarco-capitalistas a que a cabeleira chama libertarianismo, e que Ayuso partilha.

No seu habitual discurso de mau gosto (sabe como é, "os impostos são um roubo", "esquerdistas de merda"), etc., a peruca deixou uma combinação gloriosa quando falou das "mãos porosas dos políticos ou das mãos de um irmão ou companheiro" porque era a melhor descrição deste casal unido pela sua personalidade sociopata.

Uma das primeiras coisas que fez quando chegou ao poder foi legalizar o nepotismo , modificando o decreto anti-nepotismo de Macri para que a sua irmã Karina pudesse assumir um cargo no seu governo como secretária-geral da Presidência.

E o que podemos dizer da trumpita. Isabel representa um clã familiar em que quase não se vê ninguém. Por ordem aproximada de aparição estão o seu irmão Tomás, o seu antigo companheiro Jairo Alonso e o seu atual companheiro, Alberto González. Também os seus pais, Leonardo Díaz e Isabel Ayuso. Não há um único deles que não tenha sido envolvido ou apontado por alegadas e/ou óbvias comissões e vários negócios com empresas de fachada.

A última novidade no organigrama foi Alejandra T.B., cunhada de Ayuso, que ganhou um lugar na Câmara Municipal de Villanueva de la Cañada. Era a única candidata, não se deixem enganar. O lugar foi anunciado no verão de 2023, com tempo suficiente para se candidatar e os requisitos, por sorte, assentavam que nem uma luva à companheira de Tomás Díaz Ayuso.

Por uma vez, tenho de a embainhar e entregá-la a Milei, parafraseando-o, termino com outro "quem quiser compreender, que compreenda".


Suscríbete por email para recibir las viñetas y los artículos completos y sin publicidad

Artículos relacionados
¿Algo que decir?

Este blog se aloja en LucusHost

LucusHost, el mejor hosting