Genocídio, Ato II

 

Genocídio, segundo ato. Cartoon de 11/02/2024 em CTXT

Tradução do cartoon: "Se os avisarmos, não é genocídio"

O Estado assassino de Israel anunciou e datou o segundo ato do genocídio em curso.

Após cinco meses de extermínio sem cerimónias e de ter forçado a população civil a um êxodo do norte para o sul, bombardeando-a, acabou por reunir cerca de 1,5 milhões de pessoas em Rafah, perto da fronteira egípcia.

Israel diz que lançará a sua operação em Rafah se os reféns não forem libertados antes do Ramadão, que começa a 10 de março, mas já ninguém duvida que, mesmo que se chegue a um acordo, Israel continuará a assassinar civis, porque é isso que faz há décadas. Limpeza étnica, pilhagem e ocupação perante os olhos da grande maioria dos governos de todo o mundo, que não se atrevem a intervir de forma enérgica para pôr termo ao massacre.

É uma vergonha histórica em direto. Estamos a assistir a um genocídio com demasiados cúmplices, contado ao pormenor, cada um mais sinistro do que o outro.

Ninguém que tenha o poder de tentar impedi-lo está a fazer alguma coisa. E o pior é que os genocidas, sabendo-se impunes, vangloriam-se dos seus crimes, festejam as pilhagens, exibem os "troféus" nas televisões e falam sem vergonha do extermínio que lhes permitirá ocupar Gaza.


Suscríbete por email para recibir las viñetas y los artículos completos y sin publicidad

Artículos relacionados

Campeões

Genocídio lento

O cais

Este blog se aloja en LucusHost

LucusHost, el mejor hosting