O julgamento da história

 
O julgamento da história

O julgamento da história. Cartoon de 05/11/2023 em CTXT

Enquanto o extermínio continua na Palestina, aqui já se fala sem parar da cayetanía revolucionária de pastel, dos seus amigos nazis voXiferantes e de outras subespécies de fascistas e das suas acções às portas da sede do PSOE em Madrid.

Muitos deles eram militantes filiados e reconhecidos da Vox e outros vieram aplaudidos pelo próprio Abascal, que já tinha subliminarmente convidado os seus a usar a violência com uma interpretação retorcida do artigo 30 da Constituição e recentemente até apelou à revolta da polícia.

Mas não pense que Abascal pegou numa espada e foi para a batalha. Se há uma coisa que os políticos "malvados" sabem bem, e esta também é muito vaga, é que, quando se trata de agir, têm de acender o rastilho e esconder-se rapidamente para que outros façam o trabalho sujo por eles e depois possam safar-se se as coisas se complicarem.

Mas voltemos ao local da bomba. O assunto já começa a correr o risco de estagnar na rotina do quotidiano. Mais um escândalo que pode acabar no tédio da "normalidade" e que, para alguns, será sempre menos importante do que as notícias "furiosas".

Os meios de comunicação internacionais já estão a fazer piruetas para se referirem aos bombardeamentos de civis como"bombas que caem","engenhos explosivos" ou mesmo apenas"uma explosão". Nada mais. Como se se tratasse de algo fortuito e sem autor ou agente meteorológico. Algo muito parecido com aquele disparate da"morte que caiu do céu".

E lá está o The New York Times, que se saiu com uma declaração imunda que diz assim:

"Uma explosão que os habitantes de Gaza dizem ter sido um ataque aéreo causa muitas vítimas num bairro denso"

Esta manchete de merda também será lembrada com vergonha, ou não, mas não será julgada porque se há uma coisa que sabemos é que a história não julga e que a memória acaba sempre por ser manipulada e moldada ao gosto de vários fanáticos.

Artigo relacionado: Se não for agora, quando será?

Israel no quiere testigos


Suscríbete por email para recibir las viñetas y los artículos completos y sin publicidad

Artículos relacionados

Este blog se aloja en LucusHost

LucusHost, el mejor hosting